Publicidades

sábado, 1 de agosto de 2015

Pré-candidato, Gonzaga diz que não vota em nenhum Coelho

O PSB deve permanecer sem paz em Petrolina. Depois de o deputado estadual Lucas Ramos (PSB) não admitir a liderança de Miguel Coelho (PSB) no diretório estadual de Petrolina, no Sertão, o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) disse que vai bater chapa com qualquer candidato do grupo Coelho. O parlamentar não admite a forma como o correligionário foi conduzido ao posto, o que ocorreu na última terça-feira (28).

Em entrevista à Rádio Folha FM 96,7, Gonzaga reconheceu que o partido deverá ter quatro pré-candidatos à Prefeitura de Petrolina e que, em sua opinião, não devem se juntar. O parlamentar lembrou o ano de 2008, quando ganhou uma convenção do partido e não contou com o apoio de Odacy Amorim ou de Fernando Filho.

“Obviamente que eu não posso confiar que nessas eleições eu tenha o apoio deles porque não me apoiaram em 2008 e deixaram Julio Lossio (PMDB), que tinha dois ou três pontos nas pesquisas na Prefeitura”, explicou, lembrando que, em 2012, os socialistas perderam novamente para o peemedebista.

“Não sei se nessas eleições de 2016 esses três pré-candidatos possam se juntar, porque não sei se vou ganhar nessa convenção. E se eu não ganhar, com certeza não vou votar em Miguel. Então, já sabe que não vai estar junto se Miguel ganhar. Não vou votar nele nem em Coelho nenhum mais. Eu já votei em Fernando Bezerra Coelho algumas vezes porque ele veio para o meu partido, e a partir de agora, nem no meu partido eu voto mais nele”, cravou.

Para o parlamentar, o próprio partido em Petrolina, que ele classificou de “muito independente, muito democrático e social”, vai decidir quem será o candidato numa convenção. “Se for Gonzaga Patriota indicado pelos filiados para ser candidato como foi em 2008, não conto, de maneira nenhuma, com o voto dos Coelho e, se dessa vez for um Coelho escolhido, não conta com meu voto também”, reforçou.


Fonte: Folha-PE

MST – Movimento dos Trabalhadores Rurais sem terras de Pernambuco Monta Acampamento em Ouricuri.


O Movimento dos Trabalhadores Rurais de PE. “MST” promoveu no dia 19 de Julho um acampamento na fazenda Boa Esperança no Município de Ouricuri, com aproximadamente 325 famílias de agricultores ligado ao MST que é coordenado em Ouricuri por Antônio Moises ( TODINHO) e Valdicleide Lima, o acampamento foi batizando de Terra Livre. Segundo Todinho a ocupação da área do governo se deu por conta da medida provisória que foi criada na época do governo de FHC, essa medida vem com a finalidade de desgasta o agricultor acampado, porque o Incra que e o órgão responsável pela vistoria e obtenções não pode entrar na fazenda e fazer a vistoria, se estivéssemos acampado dentro da Fazenda Boa Esperança, Como o acampamento esta em uma área do governo do estado o Incra pode entrar e fazer a vistoria e o dono da propriedade não pode alega a invasão da terra pois a mesma não foi invadida e sim reenvidada pelos trabalhadores locais ligado ao MST .


Segundo informações da direção estadual do MST o proprietário tem interesse na negociação, agora cabe ao Incra e ao Itep cumprir o seu papel de governo. A partir de Janeiro do próximo ano as 325 famílias esperam uma resposta do governo federal nesse caso cabe ao Incra se pronunciar e cumprir com a sua função de acordo com as lei e diretrizes do MDA. O acampamento Terra Livre tem 04 coordenadores internos que organizam as famílias, um cuida da limpeza do acampamento, o segundo cuida da disciplina do acampamento, já o terceiro cuida da saúde e o quarto da educação. O acampamento e montado por ruas, cada dia tem uma equipe para manter a limpeza do dia a dia e a preservação do meio ambiente, na educação e trabalhado com os pais e filhos sobre a questão de convivência, e todos falam na mesma linguagem, outro coisa importante e que não entra Bebida alcoólica e nem drogas. Finalizando estamos montando uma noite cultural no acampamento terra livre, bem como teremos missas e culto evangélicos para os companheiros.


Por Josué oliveira

Jovem é assaltada em frente de sua casa em Araripina

Foto / Blog do Paulo 
Na noite desta quinta-feira (30), era aproximadamente 20:00 hs, aconteceu mais um assalto na cidade de Araripina, que fica a 690 km da capital, tendo como vítima uma jovem de 18 anos, no momento se encontrava na frente de sua residência, fica nas proximidades da casa de shows aplauso’s, região que tem ocorrido muitos roubos.

Os assaltantes, eram dois, chegaram de surpresa em uma moto tomando da adolescente uma bolsa e um celular, em seguida os meliantes tomaram destino incerto, deixando-a aos gritos, em estado de choque emocional, chorando bastante.

Em rede social a mãe registrou sua revolta e desespero pelo ocorrido, veja na íntegra;

“Cidade sem lei, essa nossa, minha filha acabou de ser assaltada na porta de casa, triste, muito triste mesmo!!!! Sabe o que tenho revolta, medo até mesmo de sair de casa, porque segurança aqui é zero, mais deixe estar, porque Deus ver todas as coisas e cuida de cada um de Nós!!!”


A volta de Tião para o grupo de Alexandre não é mais segredo!


Após os rumores de que o vereador estaria retornando ao grupo do prefeito Alexandre Arraes, Alexandre confirma que Tião está sim de volta ao grupo. Alexandre postou em seu face uma foto de uma reunião com o vereador Tião do Gesso e também com o empresário Geraldo e familiares. Segundo o prefeito a reunião foi para tratar de assuntos relacionados a Araripina.  

E agora o que podemos dizer sobre o posicionamento do vereador Tião do Gesso?




O espaço está aberto caso o vereador queira se pronunciar sobre o assunto. 

Novo mascote

Do Amarildo

Armando: O Brasil vive uma transição, mas vamos inaugurar um novo ciclo de crescimento

Florianópolis - Em encontro com empresários na Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Armando Monteiro, enviou uma mensagem de confiança: “O Brasil vive uma transição, mas vamos inaugurar um novo ciclo de crescimento”.

O ministro ressaltou que a economia brasileira passa por dificuldades, em um momento de transição e ajustes, mas que o setor produtivo não pode se pautar pelo pessimismo: “Esse pessimismo disseminado na sociedade preocupa, pois não encontra correspondência na realidade. A história do Brasil é marcada por superação de dificuldades, os pessimistas estão sempre fadados a perder".

Monteiro lembrou que Santa Catarina tem um parque industrial desenvolvido e uma corrente de comércio forte, que pode ser um diferencial: "Aqui se forjou uma indústria vigorosa, e crescer pela indústria é sempre melhor, a indústria tem uma grande capacidade de forjar um modelo de desenvolvimento mais virtuoso”.



Plano Nacional de Exportações



O ministro afirmou ainda que as exportações são o caminho para a retomada do crescimento econômico.  "A retomada mais robusta do crescimento econômico não pode prescindir do canal externo. As exportações ao lado dos investimentos e do aumento da produtividade são os três canais de retomada do crescimento econômico”, disse o ministro.

Aos empresários, Monteiro lembrou que há cerca de um mês foi lançado o Plano Nacional de Exportações, com o propósito de conferir um novo status ao comércio exterior para o Brasil. “Defendemos uma inserção qualificada nas cadeias globais de valor, levando em consideração a estratégia de crescimento do país e o perfil da nossa estrutura produtiva”.

Segundo o ministro, “esse reposicionamento não implica desprestigiar parceiros com os quais o Brasil já tem intenso relacionamento comercial, mas ampliar o foco das ações com vistas a obter melhores resultados”. Monteiro afirmou ainda ser “equivocada a compreensão de que existe uma contradição entre atuar, simultaneamente, nas frentes bilateral, regional e multilateral. Essas vias não são excludentes. Na verdade, podem e devem ser complementares”.


Monteiro destacou uma série de ações do Plano Nacional de Exportações que já estão em andamento, como a redução de barreiras não tarifárias às exportações brasileiras, o avanços nas relações com os Estados Unidos e a implantação de uma janela única de comércio exterior, que diminuirá o tempo gasto nas operações de exportação de 13 para 8 dias, e, nas de importação, de 17 para 10 dias.

Assessoria de comunicação Armando Monteiro 

Hospital de Palmares é outro exemplo da crise na saúde em Pernambuco


 “Prédio bonito não trata doença”, diz o deputado Silvio Costa Filho ao denunciar colapso da unidade de saúde que atende a 22 municípios da Mata Sul

O líder da Bancada da Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado estadual Silvio Costa Filho (PTB), foi pessoalmente ao Hospital Regional de Palmares (HRP) para conferir a série de denúncias que têm recebido sobre a crise no funcionamento da unidade de saúde do município.

O HRP Dr. Silvio Fernandes Magalhães tem registrado pedidos de demissão em massa de médicos, interrupção de serviços ambulatoriais e de especialidades, a exemplo do setor de cardiologia, e atraso de mais de três meses de pagamento da folha salarial dos funcionários, fruto do atraso no repasse de recursos do Estado à Organização Social (OS) Maria Lucinda, responsável pela gestão do hospital.

Responsável pelo atendimento de 22 municípios da Mata Sul – com população estimada de 500 mil habitantes - o hospital vive uma situação de “quase falência”, conforme constatação feita por Costa Filho. O parlamentar ouviu de funcionários que cirurgias eletivas foram suspensas, o setor de obstetrícia não funciona, não há mais atendimento nas áreas de cardiologia, urologia ou geriatria e a emergência atende parcialmente a demanda. Falta de remédios e de lençóis para os pacientes da emergência são outros problemas registrados.

“A população da Mata Sul que precisa de atendimento médico tem se deslocado para a Região Metropolitana do Recife, contribuindo ainda mais para a superlotação de hospitais como o da Restauração e Getúlio Vargas”, afirma o parlamentar. Ele diz que a crise se observa sobretudo na drástica redução de médicos, enfermeiros e profissionais de áreas meio, como o setor administrativo do hospital.

“Todas as semanas médicos pedem para sair por não possuírem as condições adequadas de trabalho e por atrasos nos salários. Funcionários que residem em cidades próximas a Palmares também estão sendo demitidos sob a alegação de que não há condições de se pagar pelo transporte”, relata um funcionário que preferiu não se identificar temendo represálias. Calcula-se que nos últimos meses, mais de 250 funcionários se desligaram do HRP.

Ainda segundo o mesmo funcionário, exames de tomografia não estão sendo realizados, pois o Estado não paga a mais de dois meses a empresa que produz o laudo médico, e, por falta de profissional especializado para manuseá-lo, o aparelho de endoscopia digestiva foi retirado do hospital e enviado para o Recife.

Para Silvio Costa Filho, o colapso do Hospital Regional de Palmares é outro exemplo da severa crise por que passa a saúde pública em Pernambuco. “Este equipamento foi entregue em 2011, tem uma estrutura moderna, mas prédio bonito não trata doença. Ao longo das vistorias que realiza dentro do projeto Pernambuco de Verdade, a Bancada de Oposição tem encontrado uma flagrante queda na qualidade do atendimento à população de hospitais e UPAs do Estado”, reforça.

O parlamentar disse que o atraso de recursos do Governo do Estado às Organizações Sociais que gerem os hospitais e UPAs é um caso que precisa ser tratado com todo o rigor pela gestão Paulo Câmara. “Não é possível que se deixe faltar recursos para uma área como a saúde”, afirma. O parlamentar disse que a Bancada de Oposição quer promover, neste segundo semestre, um amplo debate sobre o padrão de relação entre Governo e Organizações Sociais que atuam na área de saúde em Pernambuco.


Foto: Reprodução da Internet da fachada do Hospital Regional de Palmares

Prefeito de Araripina concede entrevista ao Jornalista Edmar Lyra da TV GUARARAPES


O prefeito de Araripina Alexandre Arraes foi entrevistado pelo Jornalista Edmar Lyra em um quadro apresentado por ele chamado Painel do Lyra.
Na entrevista foram abordados vários assuntos, como faculdade de medicina, energia eólica na região onde Araripina está sendo contemplada com algumas torres, falou do Aeroporto regional do Araripe, são João de Araripina.

Quando foi perguntado sobre a sua relação com Paulo Câmara, ele respondeu que mantem uma relação de parceria assim como era com o saudoso Eduardo Campos, e sabe das dificuldades que o governo está enfrentando, mas que na medida do possível tudo está se estabilizando.

Eleições passadas – O prefeito disse que apesar de não ter atingido a meta de eleger a sua esposa Roberta Arraes, foi uma votação expressiva para quem estava participando da primeira eleição, e nós imaginávamos que 38 mil votos dava para eleger Roberta, e agente na nossa planilha a gente sabia que Roberta iria passar dos 40 mil, mas devido alguns contra tempos que não valem a pena lembrar, não conseguimos chegar. Mas estamos confiantes e esperando o desenrolar das candidaturas para prefeito para que Roberta possa assumir o seu lugar de Deputada. Disse Alexandre

Alexandre disse que tem um grupo politico muito grande e que vai está escolhendo o melhor nome para disputar as eleições de 2016. 

Mas um ponto que chama atenção é que o prefeito não falou dos escândalos que a cidade passou por conta de uma operação feita pea Policia Federal e pelo CGU. 

Quando fala que tem um grande grupo o prefeito esquece que perdeu importantes aliados, como Bringel, o vice-prefeito Valmir Filho, Luciano Capitão e mais dois vereadores.  


Acompanhe a entrevista completa:


sexta-feira, 31 de julho de 2015

Juiz determina reabertura do Matadouro Público de Araripina

Foto / Rafael Diniz  

O Juiz da comarca de Araripina-PE Demetrius Liberato Silveira Aguiar, determinou a reabertura do Matadouro Público de Araripina até o dia 29/10/2015, mas com algumas condições: abertura do Matadouro apenas uma vez por semana, até o termino das obras, continuando vedado o abate de animais de pequeno porte (Caprinos e Ovinos). O juiz ainda determinou ao município que apresente relatórios de conclusão da obra.


       Poder Judiciário do Estado de Pernambuco
              Juízo de Direito Da Comarca de Araripina-PE

Decisão

Visto Etc.

O Município de Araripina atravessou aos autos a petição de fls. 482 usque 489 postulando a reabertura do Matadouro Público, pelo prazo de 90 (noventa dias), sob normas a condição de finalização as obras de adequação deste equipamento as normas de salubridade sanitária.
Instado a se manifestar sobre o pleito, o Ministério Público opinou desfavoravelmente ao pedido.

É o que relevante se tem a relatar.

Decido

Em que pese as ponderações razoáveis e coerentes do Ministério Público, que na petição de fls. 517/518 demonstrou de forma didática, que desde o ano de 2010 o Município de Araripina vem negligenciando a saúde pública de seus munícipes, ao tratar com letargia a reforma do abatedouro Público e ao efetuar o abate de animais sem as condições mínimas de higienes salubridade, este magistrado, no dia 30/07/2015, pessoalmente, estive no abatedouro Público e pude constatar, que apesar de o equipamento ainda não oferecer as condições adequadas para a matança de animais para o consumo humano, obras estruturais e a compra de equipamentos foram realizadas pelo Município, estando ainda pendente a parte alusiva ao abate de animais de pequeno porte e a execução do sistema de esgoto e tratamento de afluentes.

Apesar do descaso do Município com o referido equipamento Público, verifiquei que a carnagem dos animais de grande porte, da fase que compreende o abate com a pistola pneumática até a fase que antecede o descarte de dejetos, foi toda mecanizada e, aparentemente, está com observância das normas sanitárias.




       Poder Judiciário do Estado de Pernambuco
              Juízo de Direito Da Comarca de Araripina-PE

Sendo por isso e considerando que o Município apresentou documentos nos autos que está em andamento procedimento licitado para a conclusão das obras do Matadouro Público, entendo que a manutenção do fechamento total do abatedouro poder ainda mais prejudicial a população desta urbe, pois, com a lacração total do matadouro é candente a possibilidade de que animais estejam sendo sacrificados para o consumo humano em matadouros clandestinos, em condições ainda mais insalubres das que foram encontradas no matadouro objeto desta ação.

Ante o exposto, defiro o pedido do Município e determino a reabertura do Matadouro de Araripina até o dia 29/10/2015, mediante as seguintes condições:

1.   Funcionamento do matadouro apenas 01 (um) dia por semana;
2.   Continua vedado o abate de animais de pequeno porte;
3.   Proibição do abate de animais de pequeno porte;


Finalmente, fica desde já esclarecido, que o município deverá apresentar relatório conclusivo das obras e de vigilância sanitária até o dia 29/10/2015, sobe pena de nova interdição do Matadouro Público.

Suplantado o prazo supra mencionado, volte-me os autos conclusos, independentemente de manifestação do Município de Araripina-PE.

Ciências as partes.

Araripina, 31 de julho de 2015.

Demetrius liberato Silveira Aguiar

Juiz de Direito



    

Por Damião Sousa / Araripina em Foco 

Divannágoras diz está à disposição do grupo do Prefeito para disputar as eleições 2016

Numa entrevista no programa Canal Aberto da Rádio Arari FM, o médico Divannágoras Holanda disse está a disposição do grupo do atual prefeito Alexandre Arraes, onde revela o desejo de dar um novo rumo a Araripina, com um sentimento de servi ao município.

Divonnágoras disse que como todo homem público e politico tem sim um sentimento e desejo de poder exerce um cargo onde possa contribuir com o desenvolvimento de Araripina. O médico ressalta que não é um desejo pessoal e sim um desejo coletivo. Pois, não posso somente dizer que sou candidato e pronto. Tenho que ter sobre tudo o desejo popular, um conjunto de força, além do apoio de um grupo. Disse ele

Sobre o posicionamento político de Divannágoras, ele confirma ser integrante do grupo político do prefeito Alexandre Arraes, e fez questão de lembrar que uma candidatura a prefeito passa por uma série de avaliações. Onde citou por exemplo que deve ser uma pessoa de boa índole com serviços prestados ao município, e que tenha um grupo político. – para finalizar ele disse que se for do desejo do grupo o nome dele está a disposição.


Extraído de Martinho Filho

Boba Sampaio assume PDT em Araripina

 Na corrida para tentar se manter dentro do quadro politico da cidade o ex-vereador Boba Sampaio assumiu o PDT - Partido Democrático Trabalhista. A articulação deve ter acontecido através do deputado Wolney Queiroz que é o atual vice-presidente da legenda no estado de Pernambuco, certamente o ex-vereador Boba que tem uma ligação política com Wolney, deve ter pedido para ficar com o partido em Araripina.

Boba disse que o partido será comandado por ele, e afirmou ainda que tem a garantia do diretório estadual para formar a comissão e organizar o PDT em Araripina.


Boba hoje é um dos principais articuladores do grupo do prefeito Alexandre Arraes, e isso não é segredo para ninguém já que sempre está acompanhando o prefeito em todos os lugares. 

Pensando em 2016 PSC não fará coligações proporcionais

Iniciando as articulações para as eleições do próximo ano, a executiva municipal do PSC no Recife definiu, durante uma reunião nesta quinta-feira (30), que não fará coligações nas chapas proporcionais em 2016. Além da decisão, o partido fechou cronograma com uma série de atividades para o segundo semestre com os pré-candidatos a vereador.

No encontro, presidente da executiva municipal do partido, Almir Vasconcelos, apresentou a relação dos pré-candidatos a vereador do Recife pelo PSC. Atualmente, estão filiados 34 homens e 12 mulheres que obtiveram entre 800 e 1.700 votos nas eleições de 2012.

De acordo com o deputado federal Silvio Costa, as atividades começam em agosto com um seminário sobre a história de Pernambuco. Em setembro, será debatida a Lei Orgânica do Recife. No mês de outubro, o tema a ser discutido será o Regimento da Câmara Municipal do Recife. Em novembro, o simpósio será sobre Direito Constitucional, quando serão debatidas a Constituição do Estado de Pernambuco e a Constituição da República.


Além dos seminários, o Presidente Almir Vasconcelos em conjunto com a Executiva Municipal, realizará uma série de encontros em todas as zonas eleitorais do Recife, onde serão ouvidos diversos segmentos da sociedade com o objetivo de coletar sugestões que serão defendidas na Câmara Municipal do Recife pela futura bancada de vereadores do PSC.

Extraído do Jamildo